Notícias

  • 140 pessoas dormem todas as noites nas ruas do Porto

    Manuel, 54 anos, saiu da rua, passou por um processo de reabilitação e "foi devolvido à sociedade". Está a viver numa casa de autonomização.

    Já foram em maior número, mas ainda assim os que existem geram indignação na sociedade que se diz solidária e igualitária.

  • Finlândia reduz número de sem-abrigo em 40% inspirada em modelo dos EUA

    Olhe pelas ruas de Helsínquia, espreite os recantos dos prédios ou por debaixo das pontes, mas não irá encontrar: caixas de cartão usadas como cama, sacos-cama e barracas que são usados por pessoas que vivem nas ruas em cidades de todo o mundo.

    Olhe pelas ruas de Helsínquia, espreite os recantos dos prédios ou por debaixo das pontes, mas não irá encontrar: caixas de cartão usadas como cama, sacos-cama e barracas que são usados por pessoas que vivem nas ruas em cidades de todo o mundo.

  • É preciso fazer mais e melhor para erradicar a hepatite C até 2030

    Em Portugal o número de infetados de hepatite B e de hepatite C é estimado em 100 mil cada. Na Europa há 4,7 milhões com hepatite B e 5,6 milhões com hepatite C. Arsénio Santos, Internista, indica, neste seu artigo, que há muito a fazer para erradicar a hepatite C.

    Em Portugal o número de infetados de hepatite B e de hepatite C é estimado em 100 mil cada. Na Europa há 4,7 milhões com hepatite B e 5,6 milhões com hepatite C. Arsénio Santos, Internista, indica, neste seu artigo, que há muito a fazer para erradicar a hepatite C.

  • Mundial de Futebol de Rua começa hoje em Cardiff

    O Mundial de Futebol de Rua começa hoje, em Cardiff, no País de Gales, onde mais de 500 jogadores, que enfrentaram a “falta de casa e a marginalização social”, vão disputar o torneio.

    O Mundial de Futebol de Rua começa hoje, em Cardiff, no País de Gales, onde mais de 500 jogadores, que enfrentaram a “falta de casa e a marginalização social”, vão disputar o torneio.

  • Governo anuncia 131 milhões para integração dos sem-abrigo. Associações lembram que estratégia corre “a várias velocidades”

    Novo plano de acção 2019-2020 prevê a criação de “gestores de caso” para todas as pessoas em situação de sem-abrigo, a par da formação dos profissionais de saúde que intervêm junto desta população.

    Novo plano de acção 2019-2020 prevê a criação de “gestores de caso” para todas as pessoas em situação de sem-abrigo, a par da formação dos profissionais de saúde que intervêm junto desta população.

  • Governo aprova novo plano para integração das pessoas sem-abrigo

    O novo Plano de Ação 2019-220 inclui medidas na área da habitação, institucionalização e formação profissional. A verba disponibilizada é agora de 130 milhões de euros, mais do dobro do que era há dois anos.

    O novo Plano de Ação 2019-220 inclui medidas na área da habitação, institucionalização e formação profissional. A verba disponibilizada é agora de 130 milhões de euros, mais do dobro do que era há dois anos.

  • Governo aprova novo plano para integração das pessoas sem-abrigo

    Medidas do novo plano visam área da habitação, institucionalização e formação profissional. A verba é agora de 130 milhões de euros, mais do dobro da verba anterior de 60 milhões.

    Medidas do novo plano visam área da habitação, institucionalização e formação profissional. A verba é agora de 130 milhões de euros, mais do dobro da verba anterior de 60 milhões.

  • Discussão Pública: Plano Municipal para Pessoa em situação de Sem-Abrigo

    A Câmara de Lisboa informa que se encontra em discussão publica, o Projeto do Plano Municipal para a Pessoa em situação de Sem-Abrigo (PMPSA) – 2019/2021.

    A Câmara de Lisboa informa que se encontra em discussão publica, o Projeto do Plano Municipal para a Pessoa em situação de Sem-Abrigo (PMPSA) – 2019/2021.

  • Fundação ”la Caixa” facilita 570 empregos para pessoas em risco

    Programa Incorpora chegou a Portugal há um ano e pretende fomentar o emprego junto das franjas da sociedade que são mais vulneráveis, como ex-reclusos, vítimas de violência doméstica, ex-toxicodependentes ou indivíduos com incapacidade

    Programa Incorpora chegou a Portugal há um ano e pretende fomentar o emprego junto das franjas da sociedade que são mais vulneráveis, como ex-reclusos, vítimas de violência doméstica, ex-toxicodependentes ou indivíduos com incapacidade

  • Braga partilha experiências sobre turismo sustentável e apoio aos sem-abrigo com outras cidades europeias

    Projetos arrancam em Setembro

    Braga partilha experiências sobre turismo sustentável e apoio aos sem-abrigo com outras cidades europeias