Notícias

  • Nova estratégia para os sem-abrigo dá prioridade ao alojamento permanente

    Nova estratégia para os sem-abrigo dá prioridade ao alojamento permanente

    Há meses que a Estratégia Nacional para a Integração de Pessoas Sem Abrigo 2017-2023 anda nas bocas do mundo. A primeira versão do documento, que está a entrar no circuito legislativo, contém dezenas de medidas entre as quais sobressai uma aposta na habitação permanente.

  • Estratégia para os sem-abrigo foi importante e deve manter-se - Relatório

    A Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas Sem-Abrigo (ENIPSA) teve um “importante papel de laboratório social” e deve manter as mesmas linhas de orientação e potenciar o trabalho realizado, defende um relatório de avaliação hoje divulgado.

    A Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas Sem-Abrigo (ENIPSA) teve um “importante papel de laboratório social” e deve manter as mesmas linhas de orientação e potenciar o trabalho realizado, defende um relatório de avaliação hoje divulgado.

  • Estratégia para os sem-abrigo foi importante e deve manter-se

    A Estratégia Nacional para a Integração das Pessoas Sem-Abrigo (ENIPSA) teve um "importante papel de laboratório social" e deve manter as mesmas linhas de orientação e potenciar o trabalho realizado, defende um relatório de avaliação hoje divulgado.

    O 'Relatório de Avaliação da Estratégia Nacional para a Integração de Pessoas Sem-Abrigo 2009-2015: Prevenção, Intervenção e Acompanhamento' resultou da "necessidade premente de ser realizada uma avaliação integrada e participada dos resultados" desta estratégia, refere um comunicado do gabinete da secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim.

  • Pobreza

    Estratégia nacional para integrar sem-abrigo acabou com 4 mil ainda na rua

    Há um ano que o Parlamento aprovou uma resolução a pedir a avaliação da velha estratégia destinada a integrar quem vive nas ruas e o lançamento de uma nova. O plano nunca teve dotação orçamental.

  • Belém

    Presidente promoveu nova reunião sobre sem-abrigo

    O governo prometeu apresentar até ao final deste mês um plano de ação para a integração das pessoas sem-abrigo, no final de mais uma reunião de trabalho alargada sobre este tema promovida pelo presidente da República.

  • Turismo está a reduzir opções de realojamento de sem-abrigo

    Por falta de vagas nas estruturas de alojamento temporário, técnicos de Porto e Lisboa recorrem a quartos de casas, de pensões, de hospedarias de baixo custo, que se estão a reconverter em hostels e guest houses

    A senhoria enviuvou. Os filhos querem fazer as partilhas. Até ao final do ano, ela vai vender o prédio. Jorge Augusto e os outros hóspedes vão ter de arranjar nova morada.

  • Governo aprova estratégia para os sem-abrigo sem se comprometer com erradicação

    Comunidade Vida e Paz aplaude decisão mas gostaria de ver “um desígnio nacional” associado ao plano, como dissera Marcelo Rebelo de Sousa, que queria o fim do fenómeno dos sem-abrigo até 2023.

    O prometido é cumprido: o Governo tinha afirmado que aprovaria até final de Junho a Estratégia Nacional para a Integração de Pessoas em Situação de Sem-Abrigo 2017-2023 e o Conselho de Ministros cumpriu a promessa na última reunião do mês.

  • Sem-abrigo

    Comissão de Segurança Social quer sem-abrigo no Parlamento ainda este mês

    Comissão de Trabalho e Segurança Social quer chamar sem-abrigo e associações que estão no terreno a tempo de influenciarem nova estratégia de integração que está a ser preparada pelo Governo

  • Presidente da República

    Marcelo: “O país tem outros problemas, mas não esquece” os sem-abrigo

    Seis meses depois da última reunião que patrocinou sobre o tema, o Presidente da República volta a insistir naquilo que considera “um desígnio nacional”.

  • Marcelo quer rapidez na implementação da estratégia para os sem-abrigo

    Na véspera da apresentação das linhas mestras da nova estratégia pelo Governo, o Presidente reuniu instituições que trabalham com a problemática e já marcou novo encontro para junho.

    Na véspera da apresentação das linhas mestras da nova estratégia pelo Governo, o Presidente reuniu instituições que trabalham com a problemática e já marcou novo encontro para junho.