Notícias

Voltar

Sem-abrigo de Lisboa vão ter mais 125 casas para saírem das ruas e 75 delas serão em habitação municipal

Fotografia

Há menos 350 pessoas a dormirem nas ruas de Lisboa, comparativamente a 2015. O programa Housing First, responsável por retirar sem-abrigo desta condição, atribuindo-lhes uma habitação, já disponibilizou 80 casas e espera atribuir mais 125: meia centena em arrendamento livre, em 2019, e 75 de habitação municipal, num prazo a definir.

Fonte: O Corvo
Autor: Sofia Cristino
Data: 05 de dezembro de 2018

 

Há menos 350 pessoas a dormirem nas ruas de Lisboa, comparativamente a 2015. O programa Housing First, responsável por retirar sem-abrigo desta condição, atribuindo-lhes uma habitação, já disponibilizou 80 casas e espera atribuir mais 125: meia centena em arrendamento livre, em 2019, e 75 de habitação municipal, num prazo a definir. “O aumento especulativo das rendas não permitiu que o Housing First avançasse. Deixámos de ter recursos, quando o preço das habitações subiu para valores incomportáveis”, explica o vereador dos Direitos Sociais Manuel Grilo, que esteve na tarde desta terça-feira (4 de Dezembro) a acompanhar a terceira campanha de vacinação de sem-abrigo da capital. A iniciativa, coordenada há três anos pela Câmara de Lisboa e a Ministério da Saúde, prevê vacinar este ano 745 pessoas em condições de vulnerabilidade.

Para ler mais carregue aqui.